Seguradoras de saúde renunciam aos custos de tratamento com COVID-19

Blue Cross e a Blue Shield anunciaram quinta-feira que sua rede de planos
BCBS operados localmente em todo o país dispensará o compartilhamento de
custos para o tratamento do COVID-19 até 31 de maio. Isso inclui cobertura
para testes e tratamento de coronavírus, incluindo internações hospitalares.
Os planos se juntam a um número crescente de seguradoras que estão
cortando os custos diretos dos associados. Essas decisões geralmente se
aplicam a planos comerciais e indivíduos com planos do Medicare Advantage,
políticas adicionais do Medicare ou Medigap e Medicaid.
Em uma entrevista ao Rose Garden no domingo passado, o presidente Trump
anunciou que Humana e Cigna estariam renunciando a acusações
relacionadas ao tratamento, como copagamentos e franquias.
Plano de saude sulamerica preços fortaleza
Essas duas
seguradoras nacionais se juntam a outras sete grandes e pequenas
seguradoras que tomaram essas ações nos últimos dias.
A Aetna, uma divisão da CVS Health, foi a primeira seguradora de saúde a
renunciar a tais cobranças. As seguradoras já haviam renunciado ao
compartilhamento de custos para testes de coronavírus.
“Sabemos que estamos em uma posição única para ajudar nossos membros
durante essa crise de saúde sem precedentes”, afirmou Bruce Broussard,
presidente e CEO da Humana em comunicado divulgado na segunda-feira.
para idosos e outras pessoas que estão com dificuldades no momento.