Em londrina, moradores que viviam em casas alugadas vão ganhar novas residências

Apartamentos Fly Top Life Parque Jamaica Londrina a Venda
Moradores que foram atingidos pela tragédia em Mariana se beneficiarão de novos

acordos firmados entre o Ministério Público e a Samarco. Um desses benefícios diz

respeito aos moradores que viviam em casas alugadas na época da tragédia. Esses

moradores terão direito a novas residências nas comunidades reconstruídas.

O acordo foi feito em Abril durante audiência de conciliação entre o Ministério

Público a Samarco e seus acionistas. Na ação em questão, a promotoria pediu a

reparação integral dos danos sociais e econômicos causados pela empresa aos

moradores afetados, bem como o reassentamento dos que perderam suas

moradias.

Dentre os acordos firmados no processo, coube à Samarco providenciar casas para

alugar para as vítimas, custeando o valor do aluguel. Isso até o reassentamento

definitivo das famílias. Também providenciou adiantamento de indenizações para

pessoas que perderam casas ou carros.

O rompimento da barragem do Fundão, que gerou a tragédia ambiental, ocorreu no

dia 5 de novembro de 2015. A tragédia provocou várias consequências negativas

como: a destruição de comunidades, a poluição da Bacia do Rio Doce e a

destruição intensa de vegetação nativa.