Dos modelos de monitoramento de pacientes em hospitais e em domicílios

Como a IoT permite o monitoramento contínuo da saúde por meio de tecnologia vestível e
registros pessoais de saúde, os profissionais de saúde agora também têm meios muito
melhores para acompanhar a saúde de um paciente fora do hospital – antes e depois de uma
intervenção médica. Isso pode ajudar a manter os pacientes em ótimas condições, diminuir o
tempo de permanência no hospital e evitar readmissões evitáveis. Os pacientes podem se
recuperar com segurança no conforto de sua casa, em vez de ficar em uma cama de hospital
cara.Numero da rede credenciada hapvida recife

De acordo com essa filosofia, hospitais com visão de futuro, como Rijnstate, na Holanda, estão
explorando novos modelos virtuais de atendimento. Por exemplo, atualmente, os pacientes
submetidos à cirurgia de redução de estômago ou cirurgia intestinal precisam permanecer no
hospital por alguns dias após a operação. Por meio de treinamento em saúde pré-cirúrgico e
com monitoramento remoto como rede de segurança após a alta hospitalar, esses pacientes
podem voltar para casa mais cedo. Esses modelos de atendimento virtual exigirão uma estreita
colaboração dentro de uma rede mais ampla de atendimento, incluindo cuidadores
domiciliares e médicos da atenção primária.
As soluções habilitadas para IoT permitem que os profissionais de saúde acompanhem a saúde
de um paciente fora do hospital.