Construir pausas durante o ensino à distância

O trabalho contínuo e sedentário leva a lapsos de foco e, eventualmente, ao esgotamento. As
crianças têm ainda menos resistência do que os adultos e se beneficiam da variedade. Insira
pequenas “pausas cerebrais”, que podem abranger atividades físicas, buscas criativas ou
provocações divertidas que parecem mais jogos do que exercícios de aprendizagem.
Crummett utilizava regularmente intervalos cerebrais durante as aulas presenciais e oferecia
às famílias um menu de opções de ensino à distância. Ela explicou: “Existem tantos tipos
diferentes.
http://unoeste.br/graduacao/direito
Fazer com que os filhos descubram o que funciona para eles e quando funciona
para eles é muito individual e importante. Alguns são melhores no meio do expediente e
outros são melhores para depois. Alguns são físicos; outros são mais criativos. Eu gostava de
incorporar respiração e atenção, o que ajudou a restaurar o foco e a calma. ” GoNoodle foi um
dos recursos recomendados por Crummett para alunos do ensino fundamental; muitos mais
podem ser encontrados online.
Munz aconselhou seus alunos a recuperarem o novo tempo livre para atividades físicas: “Eu
diria que eles teriam que fazer um mínimo de 20 minutos de atividade física três vezes por dia.