Com um pouco de sorte, você encontrará um carro que foi bem conservado.

Mesmo que você tenha que gastar um pouco de esforço e tempo,
procure um veículo que tenha sido bem tratado. É mais seguro apostar
em um carro de um fabricante com redes de serviços e concessionárias
estabelecidas. No longo prazo, será mais fácil e mais barato fazer a
manutenção do carro e comprar peças de reposição. Além disso, as
concessionárias autorizadas geralmente oferecem garantia para carros
usados certificados. Evite modelos que tenham saído de produção para
evitar problemas com a obtenção de peças sobressalentes. Além disso,
é mais provável que os carros mais antigos tenham problemas de
manutenção. Vá até o registro de serviços do carro. Isso informará se o
carro foi revisado em intervalos regulares e, mais importante, se ele se
envolveu em acidentes ou teve uma falha mecânica grave.
https://www.pachecar.com.br/lp/carro-repasse-curitiba
Um registro de serviço completo indica a qualidade da manutenção do carro.
Depois de fazer sua pesquisa, é hora de verificar os documentos. Isso
inclui os documentos de registro originais (livro RC), um certificado
válido de poluição sob controle (PUC), papéis de seguro e tokens
fiscais. Você não deve comprar um carro, a menos que todos os itens
acima possam ser fornecidos pelo proprietário anterior.